A Igreja do XV

E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações
Atos 2:42

Cada cristão, convertido ao Senhor Jesus deve ter direcionamento a BUSCA e o DESENVOLVIMENTO do Caráter de Cristo, este tem sido o tema que tem direcionado nossas vidas e o ministério Local da IBPXV.

Para se tornar um cristão produtivo - que dê frutos que permanecem, é imprescindível estar num lugar de desenvolvimento bíbico e sadio e em plena conciência e harmonia com este lugar.

Por isso, incluímos abaixo um breve resumo do "que é" e de "como é" a IBPXV .

Para saber a história nossa visão e missão (clique aqui) .

IBPXV  desde sua fundação teve por vocação o "ser vanguarda", e mantendo sua firmeza Bíblica e Doutrinária avançou em todas as frentes de atuação - Evangelismo e Missões, Louvor e Adoração, Ministérios de Educação, Diaconal, etc...

A partir do Ministério Pastoral dos Pastores Valdomiro e Ezequias Costa, iniciou-se a visão de trabalhos por competências espirituais, ou simplesmente "Ministérios"

1º - Visão administrativa

Com o Pr. Valdomiro iniciou-se a estruturação da Administração da Igreja Local por competência espiritual, onde o planejamento estratégico da igreja passa a ser olhado como um todo, e, não por departamento.

Surge um grupo separado por vocação e chamado (competências técnicas e espirituais) para atuarem com o Orçamento e com o Patrimônio da Igreja.

Ou seja, uso dos valores da igreja local não se restringem apenas a visão do Pastor e Diretoria do ano, bem como, não objetiva atender a um ou outro departamento, mas, através de planejamento estratégico objetiva atender a visão espiritual da Igreja de forma unificada, e ainda, as manutenções do dia-a-dia, os valores das despesas fixas, bem como os gastos ministeriais, são planejados e aprovados com antecedência, dando o dinamismo que uma igreja vocacionada ao serviço necessita.

 2º - Mudança de Paradigmas

O trabalho iniciado na administração é ratificado com o Pr. Ezequias, inclusive com a criação das áreas de Auditoria, a semente para um Ministério de Administração específico (inédito na região) já estava florescendo. 

Com uma proposta de confrontamento do modelo de "divisão" de departamentos, tendo estes, diretorias, reuniões internas, atas, eleições, o Pastor Ezequias durante ao menos 2 anos atuou ensinando a Igreja sobre o modelo bíblico de Ministérios Vocacionais - a este trabalho de ensino denominou-se "Mudança de Paradigmas".

O ensino - entre palestras, treinamentos, encontros, e mensagens de púlpito, foi extenso, contudo, preparou a igreja para ter nas pessoas de seus líderes Ministros ou Pastores preparados e consagrados, ou seja, a partir de então a liderança teria como atributo principal o Dom e o Chamado Espiritual, e não mais a eleição departamental.

Neste formato não há indicações pessoais, mas, a dependência do mover do Espírito Santo, que separa e confirma o Dom e o Chamado não somente a pessoa, mas, a sua liderança espiritual e a todo o corpo. Como observamos no texto de Atos:

 

E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram.  E assim estes, enviados pelo Espírito Santo,
Atos 13:2-4

Uma Igreja formada e orientada por Ministérios difere (entre tantas outras coisas) da proposta departamental, no seu continuísmo - não há "tapa buracos" em eleições que ninguem deseje assumir determinado cargo, também não há acumulo de funções departamentais, o que se busca é a liderança Espiritual Vocacionada, Separada, Treinada e Consagrada!.

Assim sendo, hoje os ministérios não tem eleições internas para líderes, antes, estes são guiados diretamente por Pastores, Ministros, Missionários ou Diaconos com competências espirituais reconhecidas, capacitação técnica necessária e consagração pública com imposição de mãos.

Hoje temos um Conselho que se reune bimestralmente para avaliação dos ministérios, que atuam conforme abaixo:

Missão e Visão da Igreja Local, atendimento a Pessoas (individualmente) Famílias, Aconselhamentos, Toda Liturgia dos Cultos Locais e Externos, Identificação, Preparo e Acompanhamento de Vocacionados, Recepção, Integração e desligamento de Membros;

    Responsabildiade - Colegiado Pastoral.

Orçamento, Gerenciamento, Tesouraria, Tributária, Fiscal, Manutenção

    Responsabilidade - Ministério da Administração

Educação, Aconselhamento e Missões Infantil, Identificação Preparo e Acompanhamento de Vocacionados;

    Responsabilidade - Ministério Infantil

Agenda Missionária, Promoção de Missões, Impactos, Viagens, Identificação Preparo e Acompanhamento de Vocacionados de Missões.

    Responsabilidade - Missionárias

Atendimento Espiritual e Social às Famílias, Acompanhamento e cuidado aos pastores e suas famílias, aconselhamento e supervisão dos ministérios e seus ministros.

   Responsabilidade - Ministério Diaconal

 

Louvamos a Deus por este direcionamento e pelos Frutos Colhidos!

Buscamos em Deus a continuidade, para que novos vocacionados sejam despertados e confirmados para o trabalho!.

Abraços Pastor Públio Azevedo

Programação da Semana

Segunda-Feira  - 20 hs
Oração, Clamor e Vitória;

Terça-Feira       - 20 hs
Encontro das Mulheres;

Quarta-Feira    -
16h- Espaço Aberto- Esportes
19h30-RECUPERE - clique aqui
20h- Estudo Biblico/Doutrinario

Quinta-Feira     - 16 hs
Espaço para Adolescentes

Projeto Mulheres do XV

Sábado
8h- EDUCAXV-cursinho ENEM
13h- Ensaios -Adolescentes
14h- Evangelismo- PESCA
15h- Ensaios -Jovens
16h- LIBRAS -
Projeto Mãos que Libertam 
20h- Vide agenda do Mês

Domingos
9h00 hs - Culto da Manhã

9h45 hs - EBD/Ministérios

17h30 - Celebração
19h30 - Celebração

Mensagens

Mensagem do Pastor

Foto Culto IBPXV

“Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres."
Salmos 126:3

 A IBPXV é o espaço ideal para você (criança, adolescente, jovem ou adulto) e sua família buscar e desenvolver o Caráter de Jesus Criso.

Uma Igreja "VIVA e ALEGRE" que não abre mão da seriedade e reverência que o relacionamento com o Deus Eterno e Santo exige, assim sendo, manifesta em seus cultos e na vida em sociedade a alegria de filhos que sabem o Pai Amoroso que tem.

Cultos festivos, espontâneos e alegres. Louvor contagiante; Pregações atuais-relevantes;

Clamor/Intercessão contínuo.

Convido você a nos fazer uma visita, e caminhar conosco nesta busca até o Grande Dia de Encontro com o Senhor Jesus.

Abraços Pr. Públio Azevedo.

gp1

gp7

gp2

gp8

gp3

gp9

gp4

gp10

gp5

gp6