Por que Sofremos?

                                          Imagem Sofrimento

Por que sofremos?

“Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos”. William Shakespeare

Com certeza em todas as famílias o sofrimento se faz presente.

Por que temos que sofrer?

Por que acontecem tantas tragédias e sofrimentos?

Quantas vezes ouvimos ou proferimos as palavras;

Senhor, meu Deus, por quê de tudo isto?

Por que, justo a mim foi acontecer tudo isso?

Por que tenho de sofrer tanto?

 

Por quê ... Por quê ... Por quê ... Por quê ... Por quê ... Por quê

 

E a nossa mente indagadora, por mais que procure, não encontra uma resposta satisfatória. E a grande verdade, que nós precisamos assumir de forma muito madura, é que nem sempre, neste mundo, poderemos responder todos os porquês da nossa vida, e das questões vitais do mundo que nos cerca!

 

 

O sofrimento é tão antigo quanto à raça humana.

Às vezes temos por hábito o “comparar” do sofrimento humano! E achamos que uns sofrem mais, e outros menos, e se assim o fosse Deus seria injusto.

 

Todavia, existe “um” sofrimento maior, e tanto em hierarquia quanto em cronologia está acima de todos os demais sofrimentos. Este sofrimento que é o mais dolorido ao ser humano é o causador direto de todos os outros males, por isso, não há injustiça, pois toda raça humana, a tempo e fora de tempo o sofrem de forma igual.

 

Nossos primeiros pais já o experimentaram, e nós temos vivido com os efeitos destes quando de maneira similar desobedecemos à vontade perfeita de Deus, este sofrimento maior é: “A Solidão e Separação de Deus”!

 

Desde o pecado de Adão e Eva, o ser humano sofre a grande solidão da separação de Deus, este é o maior sofrimento e o causador de todos os outros!

 

Não existe dor ou perda maior, do que a dor e a perde de não poder conversar pessoalmente com o Criador, não poder relacionar-se com o Eterno, de perder a nossa maior virtude e razão enquanto humanos, ou seja, relacionar-se de forma direta e irrestrita com o Deus Eterno, Criador, Pai Amoroso!

 

Sem dúvidas, os nossos primeiros pais, foram os primeiros a entender o que o profeta Isaias chama de:

"dores incuráveis". Isaías 17:11.

 

A partir deste sofrimento maior – Distancia do Deus de Amor e do Amor de Deus, todos os demais males tiveram acesso ao ser humano, em Adão e Eva, lembramos que pouco tempo depois desta perda, o sofrimento se apresentou de uma maneira violenta naquele primeiro lar: Caim, revoltado contra Deus, se deixa dominar por seu espírito impetuoso (ira, inveja, obsessão, ciúmes, ambição, etc) e mata seu irmão Abel.

 

Talvez somente os que tenham passado por uma experiência semelhante, poderão compreender o que Adão e Eva sofreram. Desde então todos os seres humanos têm sofrido e a grande verdade, é que seguimos a vida sofrendo, cada um a sua dor, a sua perda, a sua limitação.

Sofrem ricos e pobres, fracos e poderosos, sábios e ignorantes, crianças e idosos. Não há nenhuma proteção contra o sofrimento. É uma consequência do pecado - o resultado direto da desobediência humana ao Deus Criador.

Não havia sofrimento no mundo antes da entrada do pecado.

De modo que:

1.Somos pecadores; precisamos do perdão de Deus e das pessoas ao nosso redor;

2.Somos pecadores; e também precisamos nos perdoar e liberar perdão ao próximo;

3.Somos dependentes da graça e misericórdia de Deus;

4.Somos interdependentes uns dos outros, incluindo da criação (natureza);

5.Somos frágeis, limitados;

Mas a novidade é que não estamos sós, jogados ao destino ou a sorte como creem alguns; temos um Deus a quem buscar, a quem recorrer nessas horas difíceis da nossa vida, que faz promessas e as cumpre.

E mais, Àquele a “Quem” buscamos também foi provado, experimentado no sofrimento, e é capaz de nos socorrer! Sim, Jesus sabe exatamente o que é:

a)Ser traído; negado e abandonado por todos;

b)Viver só, as margens da sociedade sendo excluído e discriminado;

c)Perder pessoas queridas, tentar ajudar alguém e ser mal compreendido;

d)Ser pobre, órfão, desprezado e oprimido;

e)Enfim, Jesus sabe!

Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado”. Hebreus 4:15

 

Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido surdo, para que não possa ouvir”. Isaias 59:1

Amigo querido, se você está cansado de sofrer ouça a voz de Jesus dizendo:

"Vinde a Mim, todos os que estais cansados e eu vos aliviarei"... Mateus 11:28.

Pr. Enedir Pessoa e Pr. Públio Azevedo

Programação da Semana

Segunda-Feira  - 20 hs
Oração, Clamor e Vitória;

Terça-Feira       - 20 hs
Encontro das Mulheres;

Quarta-Feira    -
16h- Espaço Aberto- Esportes
19h30-RECUPERE - clique aqui
20h- Estudo Biblico/Doutrinario

Quinta-Feira     - 16 hs
Espaço para Adolescentes

Projeto Mulheres do XV

Sábado
8h- EDUCAXV-cursinho ENEM
13h- Ensaios -Adolescentes
14h- Evangelismo- PESCA
15h- Ensaios -Jovens
16h- LIBRAS -
Projeto Mãos que Libertam 
20h- Vide agenda do Mês

Domingos
9h00 hs - Culto da Manhã

9h45 hs - EBD/Ministérios

17h30 - Celebração
19h30 - Celebração

Mensagens

Login -XVNET

Mensagem do Pastor

Foto Culto IBPXV

“Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres."
Salmos 126:3

 A IBPXV é o espaço ideal para você (criança, adolescente, jovem ou adulto) e sua família buscar e desenvolver o Caráter de Jesus Criso.

Uma Igreja "VIVA e ALEGRE" que não abre mão da seriedade e reverência que o relacionamento com o Deus Eterno e Santo exige, assim sendo, manifesta em seus cultos e na vida em sociedade a alegria de filhos que sabem o Pai Amoroso que tem.

Cultos festivos, espontâneos e alegres. Louvor contagiante; Pregações atuais-relevantes;

Clamor/Intercessão contínuo.

Convido você a nos fazer uma visita, e caminhar conosco nesta busca até o Grande Dia de Encontro com o Senhor Jesus.

Abraços Pr. Públio Azevedo.

gp1

gp7

gp2

gp8

gp3

gp9

gp4

gp10

gp5

gp6